quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

McFLY? All the time.


       Setembro de 2007, uma pequena matéria na Revista Atrevida, e eu me interessei logo de cara, mas como não tinha PC não deu pra ir atrás de ouvir música. Então, no outro dia, o que mais me surpreendeu foi que uma menina levou o CD MITO pro colégio, e a primeira música que eu ouvi do McFLY foi "walk in the sun". Pra ser sincera, nem imaginava que a música era deles, mas fiquei tão apaixonada que fui até a menina e perguntei de que banda era aquilo, e ela falou: mcfly. Não pensei duas vezes pra pedir o cd dela emprestado e daí o vício começou. 
      Ouvia mcfly todos os dias, sempre, estudando, comendo, lendo, tudo, eles faziam parte da minha vida mais que tudo. Ou melhor, fazem. Ninguém via parede nenhuma no meu quarto porque só tinha posters deles, meus cadernos eram cheios de imagens recortadas de revistas, eu escrevia partes de músicas na parede e no espelho. Minha mãe me chamava de neurótica e coisa e tal. Então 2008 surgiu a noticia de que em Outubro eles estariam aqui no Brasil pela primeira. Entrei em combustão. Não sabia o que fazer, eles não iam vir pro Nordeste, fizeram shows no Rio, Curitiba, São Paulo e nada por aqui. Como sempre. Então eu desabei em choro. Pensei que aquele era o momento que eu ia saber bem como é a sensação de estar em depressão. 
      Mas isso não aconteceu, aquela era a primeira vez de muitas outras vindas, e ouvindo as músicas deles eu me animei de novo. Aí, em 2009 eles lançaram o R:A, um dos melhores cd's da carreira deles, ok, que eu ainda acho que o MITO é O cd, mas tudo bem, o R:A é foda do mesmo jeito, e divulgaram mais uma agenda de shows aqui no Brasil, agora incluindo duas cidades no Nordeste. Fortaleza e Recife. Lembro como se fosse ontem, dia 1º de Abril meu irmão me ligando dizendo que papai tinha deixado eu ir pro show, nossa, eu pirei nisso. Corri pra casa pra saber se era verdade, e era. Fiquei um pouco grilada com o fato de ser o dia da mentira, mas eu sabia que eu ia pro show deles em Recife, e realmente fui.
      Dia 24 de Maio de 2009 foi e é até hoje o melhor dia da minha vida. O dia em que eu vi o Dougie pela primeira tocando guitarra em Tranny, nossa foi lindo demais quando ele entregou o baixo pro Tom e pediu pra ele ter cuidado com ele. Ver o Danny fazendo palhaçada, AQUELAS palhaçadas mais que perfeitas que me faziam chorar de rir quando eu via os videos, o Tom dando a louca lá pulando feito uma gazela no palco, e o quando o Harry levantou e jogou a baqueta no publico? Nossa, nem acredito que eu peguei nela. Só peguei nela, porque ela passou por minha mão, caiu no chão e uma gorda pegou. Mas não me arrependo muito disso. 
     O que importa é que foi real, eu estive alí, pertinho deles, respirando o mesmo ar, Dougie virou pra gente e fez dança da bundinha, Tom disse pro Neil lindo e calmamente : oh, fuck you! Caramba, isso tudo por causa de um All Star que uma garota tinha jogado nele, haha. As minhas lembranças desse show, e não só do show, mas de tudo o que o mcfly já me ensinou e já me fez passar são o que vão ficar comigo pra sempre, porque eu aprendi muita coisa com eles, coisas boas, eles foram, são e sempre serão a fonte de toda minha felicidade, porque me proporcionaram momentos únicos de choro e de sorrisos, me fizeram encontrar amigos maravilhosos que por mais que eu nunca tenha os visto antes, são considerados as melhores pessoas do mundo, pois me compreendem e são verdadeiros. McFLY me deu conselhos extremamente importantes para minha vida, e me deram forças pra continuar. 
    Não consigo continuar chorando quando escuto Smile, não consigo não rir quando vejo Danny's Disco e o clipe de Friday Night! E Transylvania? Que clipe é aquele? Até minha mãe rio que chorou quando assistiu. Choro sempre que vejo Falling in love, e escuto POV. Ah, e Not Alone também me emociona muito. Mas não vou ficar aqui listando as músicas, quero apenas agradecer a Tom Fletcher, Danny Jones, Dougie Poynter, e Harry Tiger Judd, por tudo que eles tem feito por eles mesmo e por nós fãs, obrigada por tudo, por cada letra de música, por cada video idiota, por suas risadas de cavalo Jones, são as melhores, acredite. Obrigada, mesmo, sei que não sou só eu que agradeço por serem quem vocês são, porque existe toda uma legião de fãs enlouquecidas por vocês ao redor desse mundo cruel, e que amam vocês mais que tudo assim como eu. Não sei mais o que dizer, fico tão nervosa quando começo a falar do mcfly que começo a falar besteiras e coisas sem sentido, mas o que importa é a intenção. McFLY Evolution. McFLY all the time, all the time the guys who turned my life around, I can't stop digging the way you make me feel, 'cuz you make my life worthwhile. 

Gallaxy defenders stay forever. 

video




quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

About past. About happines.

    Confesso, eu realmente não acreditava que o ano ia terminar assim tão rápido. Parece que foi ontem que meu pai abriu o champagne, todos nós gritamos e nos abraçamos em comemoração ao ano que estava começando, e minutos depois, após misturar energético, cerveja e champagne, estávamos eu a a Laíssa bêbadas jogando Guitar Hero em preto e branco. Fato este que marcou nossas vidas. 28 dias depois, lá estava eu subindo as escadas do colégio, primeiro dia de aula. Pessoas novas, novos amores, novas amizades. 6 meses de aula com pessoas incríveis, que marcaram muito esse meu ano. Logo depois estávamos de férias. Eu não conseguia tirar da cabeça o quão rápido o ano estava passando e quando as aulas voltassem logo-logo aquilo tudo ia acabar de uma vez.
    Mas havia outra coisa nesse meio de ano que conseguia me preocupar ainda mais : a Copa. Eu amo futebol. Gosto mesmo. Não importa como ou para quem eu escondi esse meu amor. Continuo não me importando nem um pouco com os resultados do Flamengo, isso não faz diferença na minha vida, o que mais importa são os jogos de fora. Tipo, Real Madrid. Amo de paixão o Özil, mesmo ele tendo aquele olhar de sapo neurótico, o negócio é que eu o admiro muito porque ele é muito jovem e joga pra caramba! Nossa! Acho o Híguain um gato, lindo, tesão, bonito e gostosão, Q, e continuo achando que o Cristiano Ronaldo precisa de um tratamento intensivo para toda aquela sensibilidade morbida dele, hm. O cara parece até uma borboleta, você toca ele cai. Mas fazer o que se o cara joga muito, né? Enfim. Recapitulando o assunto copa, só pra dizer que a minha maior decepção do ano foi ver o Brasil perdendo pra Holanda, que eu chorei deitada no chão em frente a TV e que o Júlio César continua meu héroi.
   Então o segundo semestre de aulas começou. Minha meta era aproveitar bastante porque eu sabia que não tinha muito tempo para aquilo, então eu fíz o máximo e o melhor que pude. Fiz mais amizades, abracei mais, ri mais. Por falar em rir, queria agradecer a Laíssa Holanda, Ana Beatriz, Sara Rodrigues, Khelvyn Martins e Manoel Segundo por serem essas pessoas tão maravilhosas que estiveram comigo assistindo aulas chatas e sendo, principalmente, amigos. Ainda falando em rir, mas não exatamente em amizade, agradeço também a Samuel, Helker, Pedro Henrique, Rafael e companhia por serem as pessoas que são, sempre muito engraçados, hilários mesmo, e simpáticos também, fazendo toda a turma rir com palhaçadas incomparáveis. Mesmo sabendo que a chance de vocês lerem isso aqui é de 0%, obrigada mesmo, muitas vezes foram vocês que me fizeram dá o primeiro sorriso do dia enquanto eu acreditava que só conseguiria chorar. Em outra turma estavam Paula Falcão, Yago Crispim, Ianny Raia, Lucas Silveira, Marina Franco, Rossiniê Miranda, etc, que também estiveram me acompanhando durante o ano e que eu também amo demais.
   Tem também as pessoas que nunca tive a chance de conhecer, mas que são os amores da minha vida e também fazem parte de tudo isso, sendo essas Joyce Caroline, Isabela Veiga, Amanda Nascimento, Fernanda F., Rafael Souza, Adriana Putini, David Novak, Pablo, Laís Arruda @welovedoug, e Gabi @umbigodotom. Vocês são o máximo, estou apaixonada.
   Foram muitas conversas estranhas, estúpidas e sem sentido. Obrigada por estarem sempre presente, amo cada um de vocês enormente. E espero que em 2011 as coisas só melhores para cada um de nós, e que nossa amizade fortaleça sempre mais.
  
                            Que seja eterno enquanto dure e que dure para sempre ♪

sábado, 25 de dezembro de 2010

Xmas Box

  É, 2010 acabou, é o fim de mais uma década, em poucos dias estaremos recomeçando tudo isso de novo. Tivemos muitas conquistas e também muitas derrotas. Ganhamos e perdemos, mas, o mais importante é que ainda estamos vivos.
  Podemos viver momentos de que vão ficar para sempre nas nossas memórias, momentos que nos fizeram rir, chorar, gritar. Derramamos lágrimas por uma conquista tão difícil, por se sair mal em uma prova, por se decepcionar com uma pessoa, por ter um amor não correspondido (ou talvez isso não seja tão verdade, quem sabe ele/ela também te ama? Coisas assim acontecem). Sorrimos após aquelas lágrimas da conquista difícil, após receber aquele típico conselho estúpido da/do melhor amiga(o) , após uma troca de olhares.
  Brigamos muito, mas também conhecemos pessoas incríveis, vivemos momentos de tensão, e nos apaixonamos várias vezes. Mas o que importa é, realmente soubemos aproveitar o ano? Esse é o tipo de pergunta fácil que você não consegue achar a resposta. Do meu ponto de vista, eu soube aproveitar bem, sim. Talvez tenha sido mais covarde do que o aceitável em certas coisas, e também muito corajosa em outras. Fíz novas amizades com pessoas que eu descobri que amo. E só agora no final do ano, meu coração inventa de se apaixonar por um garoto que eu nunca tinha me importado em dar atenção, e eu não consigo parar de pensar nele. Fíz muitas coisas loucas tanto só quanto com minhas amizades, talvez eu me orgulhe. Mas também fíz coisas das quais eu não me orgulho nem um pouco como não ter estudado logo no inicio do ano e agora estou preocupada com meu resultado, mas com fé em Deus, vai dá tudo certo.
  Mas enfim, 2010 foi realmente um ano muito importante pra mim, que me marcou de verdade, um ano que vai deixar saudades e marcas, agradeço a Deus por tudo, pela minha vida, pela minha saúde, pelas oportunidades que tive, por tudo mesmo. E que venha 2011 com muitas festas, sorrisos, abraços, beijos, realizações. Que seja muito melhor do que 2010 foi, e que todos nós saibamos aproveitar cada minuto dele da melhor forma, com muita paz, saúde, dinheiro... Enfim, que todos tenhamos um ano novo cheio de prosperidade. Amém!
  Ah, e também não posso esquecer de dedicar esse ano super especial as minhas amigas lindas Laíssa Holanda, Paula Falcão, Aline Arruda, Sara Rodrigues, e etc que me aperrearam muito durante todo ano, mas que sempre estiveram ali pra me fazer rir quando eu quis chorar e pra me ajudar quando muito precisei. Entendam que a ordem de nomes não importa.  Também agradeço muito a Joyce Caroline, Isabela Veiga, Amanda Nascimento, Drika Putini, Fernanda Fletcher q , Ana Carolina,& Rafael Souza que mesmo com a distância SEMPRE foram as melhores pessoas do mundo comigo, e que já é uma amizade que dura anos, sim, só pela internet. Obrigado por tudo, mesmo.

Another year over and we're still together, is not always easy but I'm here forever ♪

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Sussurro - Hush Hush

    De nome original, Hush Hush, Sussurro é uma grande obra escrita por Becca Fitzpatrick, que promete ser um enorme sucesso assim como a saga Crépusculo foi. Não que eu esteja comparando as obras, pois de comum elas não tem nada, a não ser o fato de a história ter a presença de seres que poucos acreditem que realmente existam.
     Nora Grey é uma adolescente de 16 anos que até então leva uma vida normal morando com sua mãe e a empregada em uma casa de fazenda a poucos minutos da cidade. Apesar de nunca ter se interessado muito em manter um relacionamento sério, e dedicar a maior parte do seu tempo aos estudos, Nora conhece Patch, o garoto que vai mudar sua vida. Sua melhor amiga, Vee, de primeira achar que ele é muito atraente, mas com o passar do tempo, começa a desconfiar de que Patch é um cara perigoso. No correr da história, coisas estranhas começam a acontecer com Nora, desde de ser perseguida por alguém encapuzado, até atropelar um ser estranho com mascara de esqui. Ela começa a desconfiar dos seus sentidos quando acha que está tendo alucinações, e pra piorar, Vee está se envolvendo com péssimas pessoas. Nora tenta avisar, mas Vee não lhe dar ouvidos.
    Com o tempo de envolvimento, Nora vai percebendo que Patch não é um garoto normal.
Deveria ela insistir nesse relacionamento? Ou desistir e contar pra sua mãe o que está acontecendo mesmo correndo o risco de perder sua unica ligação com o pai ja morto?
   'Em sua busca por respostas, Nora está prestes a se descobrir num centro de uma batalha ancestral entre seres imortais e anjos caídos. Sim, os anjos estão entre nós. E nem todos estão interessados em atividades celestiais.'

Nome Original : Hush Hush
Autora: Becca Fitzpatrick
264 Páginas, romance/suspense
Tradução: Livia de Almeida
Editora Intríseca

Quando estava perto dele, experimentava uma confusa duplicidade de desejos. Parte de mim queria sair correndo, gritando Fogo!, a outra, mais irresponsável, ficava tentada a ver quanta proximidade eu suportaria sem entrar em... combustão! 
                                                                                            Pg.72

Leia o 1º capitulo!

Espero que gostem, é um livro maravilhoso.

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Tudo é possivel.

     As vezes eu fico com muita vontade de escrever, mesmo sem saber o que, sem ter uma idéia formada sobre alguma coisa. Mas mesmo assim eu pego o lápis e começo a escrever. Desse mesmo jeito poderia ser com os lances da vida, tipo quando a gente já não aguenta mais esconder o que ta sentindo. Assim, você avista a pessoa que você ama, você não faz idéia do que falar, mas de todo jeito você arrisca. Talvez não dê em nada, mas talvez mude tudo, dê tudo certo, e aquele sonho que você tanto tinha de poder estar com aquela pessoa tenha se realizado. Mas nem todos somos sortudos, e a dificuldade das coisas é algo que atinge a todos nós. Mas a maioria de nós tem uma grande sabedoria, que é de saber acreditar. Pra quem acredita, nada é impossível. Acho que deve ser por isso que eu não suporto pessoas negativas, daquele tipo que se ver numa situação complicada e começa a dar discursos idiotas de que não vai conseguir, que tudo aquilo é impossível e blablabla. Nada é impossível se você acreditar. Alguns criticam essa teoria de vida, mas eu acreditei em uma coisa, e consegui. Pra alguém como eu, aquilo obviamente não aconteceria, mas eu queria tanto realizar meu sonho, tanto mesmo, que consegui e foi mais perfeito do que eu imaginava.
    Minha inspiração veio e foi embora, então acho melhor parar por aqui.

sábado, 4 de dezembro de 2010

It was a dream.

Estava tudo muito lindo, muito perfeito. Era irreal. Minha felicidade era totalmente perceptível. Todos alí viam o quanto eu estava feliz. Mas porque eu tinha que acordar? A resposta é : porque estava perfeito demais.
Odeio sonhos impossíveis. Que você acorda e instantaneamente fica triste porque sabe que aquilo nunca vai acontecer, mesmo.
Sonhei com uma banda. 30 Seconds To Mars, pra ser mais especifica. Eles estavam na minha cidade, e estavam fazendo show no meu prédio. O Jared ainda tinha o moicano rosa, e usava aquela blusa branca com dois crucificsos(?) que ele aparece no clipe de closer to the edge. Enfim, do nada surgia um camarote em cima da garagem, e começava a juntar muita gente. O show começava, e eu só pulava e gritava. Jared estava lindo e radiante, mas Shannon e Tomo só apareciam depois. De repente o show acaba, e eles vão para o camarim, eu corro lá pra baixo e tento entrar no prédio, onde obviamente eles estariam. Começo a conversar com o roadie, que por incrivel que pareça, ele falava em português, hm. Até aí tudo bem, só que do nada, eu ja estava dentro de um onibus, voltando pra casa, no caso, o prédio, onde o show ocorreu. tinha recebido a noticia de que "hoje" teria outro show, e que seria a despedida deles da cidade. Corri, literalemte, só que quando cheguei estava o lugar mais limpo do mundo. Todos diziam que o show ja tinha acabado a muito tempo, e que eles tinham ido embora, então eu começava a chorar porque não tinha conseguido conhecer o Jared. E então, o sonho acabou.
Eu acordei suada. E triste. Queria que isso realmente fosse possivel, mas o fato de uma banda do porte da 30 Seconds vir pro meu estado ja é algo inpossivel. Não que eu goste de dizer que coisas são impossiveis, porque para as coisas serem impossiveis, é só uma questão de opinião. Mas enfim, 30STM na minha cidade, e no meu prédio. Preferia não ter sonhado com isso. E ainda por cima, o Jay não ta mais com o moicano a um bom tempo, e pintou o cabelo de azul, então...
Mas, de todo jeito, eu sei que pode ter sido um aviso do tipo: não se preocupe, você vai pra um show deles, vai ser muito bom e você, por mais que não conheça os integrantes da banda, vai conhecer o roadie, e vai ficar feliz com isso.
Não quero ficar me iludindo, mas seria mágico ir pra um show deles. Ja realizei meu sonho de ir pro show de McFLY, agora com 30 seconds vai ser mais um desafio e sonho que eu vou conseguir realizar.

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Don't be scared, is only love.

  Toda vez que eu vejo teu rosto, o meu esquenta, meu coração acelera, eu fico nervosa.
  Talvez você nem saiba meu nome. Talvez você saiba tudo sobre mim. Talvez você nunca tenha percebido minha presença. Talvez você me deseje ao seu lado. Eu apenas não sei no que acreditar. Em tão pouco tempo você esgotou os meus sonhos, 90% de tudo o que eu penso durante o dia é sobre você. 50% dos meu sorrisos é culpa sua. 50% das minhas lágrimas também. Você tem o dom sobre o meu estado de espírito, do mesmo modo que você consegue fazer do meu dia o mais perfeito, você consegue estragar tudo.
  As vezes eu fico pensando se você realmente merece todo esse amor que eu sinto por você, ou se eu deveria simplesmente dar as costas e te odiar eternamente por um dia você ter olhado no meu olho e ter me iludido tão profundamente. Queria poder roubar toda a coragem do mundo e chegar em você pra te falar que te amo, mas quando você não está com seus amigos, você está com aquela estranha que usa reboco em vez de pó e pixe em vez de lápis. Só quero que você me responda o que é que você acha tão bonito em tanta maquilagem, hm.
  A gente tava tão perto um do outro que até parecia fácil eu virar o rosto e te dar um oi. Mas não, nunca foi fácil e nunca vai ser, o amor é uma coisa difícil. Tantas vezes você já viu, tantas vezes você percebeu o que não devia. Me pegou te encarando, ou melhor, te admirando, e então eu virei o rosto e apenas sorri. É inevitável. Quando eu consigo não virar o rosto, muitas vezes eu me arrependo de continuar te olhando porque é quase impossível desviar do teu olhar. Mas muito mais que isso, eu quero ter o teu sorriso, um sorriso direcionado a mim.
  Eu amo o teu jeito de andar, o modo como você para e fica observando as coisas, o modo como você sorrir. Sua voz é uma bela música para os meus ouvidos. Teu olhar é uma floresta sem volta em que eu desejo me perder com você. É como se não existisse mais ninguém nesse mundo. Perco meu tempo rabiscando textos que eu sei que você não vai ler. Queria que ao menos você me olhasse e entendesse, entendesse que tudo o que eu mais quero é te fazer feliz, te abraçar, mexer no teu cabelo, sentir o teu cheiro.
  Tem minuto que tenho certeza de que eu estou agindo como uma perfeita idiota que insiste em tentar esconder o que você já sabe muito bem. Será mesmo que você já percebeu que os meus sentimentos por você são assim tão fortes?
  O meu irmão já brincou com você, você já o ensinou muitos truques no video game e o deu conselho sobre futebol... será que você lembra que eu já fui na tua casa? Será que você lembra que aquele gordinho branquela, o melhor amigo do seu irmão, é o meu irmão?
  Eu não sei mais o que fazer, a cada dia que passa eu me sinto mais perdida e confusa. Você já semisserrou os olhos e saio quando viu meu amigo me abraçando forte e mordendo meu ombro. Você fez isso alí, na minha frente, você não escondeu nada. Mas você também já beijou a boneca de cera e ficou a abraçando, e enquanto fazia isso você me olhava, aposto que era pra ver minha expressão. Será que deixei claro que eu não estava gostando nem um pouco do que eu estava vendo?
  Eu só quero que um dia você entenda todo esse amor que eu sinto por você, e se a gente quiser arriscar, talvez tudo seja melhor.

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Falling In

    Eu estou me sentindo insegura. É como se todo esse tempo eu estivesse com uma proteção e ela simplesmente tivesse ido embora. Desde ontem a noite eu estou com vontade de chorar, talvez seja apenas TPM ou simplesmente o de sempre. Amor. Eu não gosto mesmo de ficar me sentindo assim, é tipo, a pior parte de qualquer sentimento. Quando ele passa de uma gargalhada para lágrimas incansáveis. É horrível. Patético. 
    Eu já fui forte o bastante para aguentar ver as pessoas que eu mais amo brigando feio. Forte o bastante pra suportar a perda de uma amizade importante. Forte o bastante para segurar as lágrimas ao ver a pessoa que eu considerava o homem da minha vida beijando outra menina. Hoje eles ainda estão juntos e espero que sejam felizes. Mas enfim, recapitulando, hoje sei que por trás de uma garota forte, existe uma fraqueza. Mas não sou só eu. Todos nós temos nosso ponto fraco, e eu estou descobrindo o meu.
    Quero toda aquela minha segurança de volta. Me sentir bem, poder estar com quem eu gosto sem precisar ta forçando sorrisos. Sei que isso que eu estou sentindo é culpa de uma pessoa em especial e o pior de tudo é como isso começou. 
    Eu estava tranquila na fila do cinema, ansiosa para assistir HP7 e de repente eu olho para o lado. Provavelmente tinha um anjinho danado pairando sobre o ar naquela hora. Um cupido. Tinha sim, porque não é possível algo como isso acontecer. Meus olhos bateram nele e meu coração bateu diferente. Nossos olhos se encontraram por não mais que 1 segundo, mas foi o suficiente para mexer comigo.
  Ele estuda na minha escola, o irmão dele é o melhor amigo do meu irmão e eu nunca tinha reparado nele. Mas ele estava tão... perfeito. Não sei o que está acontecendo comigo, não sei mesmo. Talvez o que eu esteja sentindo seja bastante psicológico e tudo isso simplesmente acabe daqui a 2 dias, mas mesmo assim, não to suportando essa vontade louca de chorar, eu precisava desabafar e continuo achando que escrever é a melhor saída. 
  Até agora ninguém estava sabendo disso, não tinha contado nem para minhas melhores amigas, achei desnecessário, mas não aguento ficar guardando algo do tipo só pra mim, é péssimo. Precisava desabafar aqui. 

sábado, 20 de novembro de 2010

Pessoas, sentidos.

'Não faz sentido dividir as pessoas em boas e más. Pessoas são apenas encantadoras ou monótonas.' Acho que o orkut nunca tinha dito nada que fizesse sentido, até que me apareceu com essa pequena frase. Eu li, reli, e achei interessante, interessante o bastante pra perceber que faz sentido e que isso é real. Se achamos que tem pessoas boas e más, devemos nos tocar que as que consideramos boas são encantadoras e que as ... más, são monótonas. Porque tipo, as pessoas boas são aquelas que nos agradam, que nos fazem sorrir e etc. E, as más, são aquelas que não fazem nenhum sentido na sua vida, e que, para os seus olhos, estão sempre fazendo as mesmas coisas. 
Ou seja, ja que não gostamos de pessoas que vivem imersas em monotonias, somos condenados a gostar de pessoas que são boas, que fazem coisas boas, que são felizes e gostam de fazer as pessoas felizes. Por isso precisamos preservar aqueles que conosco estão, porque ninguém sabe como será o futuro. A não ser que você seja um vidente, ou viajou na máquina do tempo. É importante também que você faça tudo o que deseja fazer, porque essa oportunidade é exclusivamente sua, e ninguém mais a terá. Também precisamos lembrar que se formos verdadeiros com quem estamos, e principalmente com quem nós somos, o forever alone não existirá. Enfim. 


O que quer que você faça na vida, será insignificante. Mas é muito importante que você o faça, porque ninguém mais o fará. Quando como alguém entra na sua vida e metade de você diz que não está nem um pouco preparado, mas a outra metade diz: faça que ela seja sua pra sempre! — Remember Me

sábado, 13 de novembro de 2010

Foi emocionante.

E realmente foi. Tipo, pode ser maior merda, mas pra mim não é. Os aviões da F.A.B fizeram uma super e linda apresentação na minha cidade ontem. Eu e minhas amigas fomos para o teto do prédio para poder ver melhor e foi lindo demais. Foram só 7 aviões, mas o suficiente pra fazer um espetaculo. Com direito a coração, parafuso, ponta-cabeça e tudo o mais. Realmente lindo.
Isso me fez lembrar que tenho vontade de fazer aviação. Não sei se daria certo pois não me dou muito bem em matemática e cartografia. Mas se temos nossas vontades devemos enfrentar os obstáculos e seguir em frente lutando pra que tudo de certo. Vou fazer o que quero, e pretendo sim, passar uns 6 meses da minha vida numa escola de aeronáutica. E vai ser emocionante, também.

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Best Rock Band

I'm so proud. I voted so much, and it worked. I want to tell for you, Jared, Tomo and Shannon that I love you so much, even none of you are reading it, I'll still write about what I felt yesterday. 
" And the best rock band is ... 30 seconds to mars" when Miley Cyrus ended to say this, I started to jump and scream so much, my heart beat like a earthquake and after this I saw that vote on you was the best thing I done all this time. Is so good to know that I make part of the Echelon and another billion of people are so happy like me and you guys. We don't won the award of world stage permonce but we got the best rcok band and thats awesome. 
I love to hear your voice, Jared, and when you gave the award to Shakira on "free your mind" I had more proud yet. Your words was so truly and beautiful, and I hope the world to see that help is the best thing we can do. 
I want to thank you guys fo all the things you've done in my life, really. 
The #ECHELON got the power. 


made by ignorance

Ah, a ignorância. Talvez nem todos sejam dotados por ela, mas, existe um ser humano que é totalmente abençoado. O motorista. Já parou pra perceber que quando está vindo um carro normal e atravessa um na frente, aquele carro que vinha normal buzina muuuuuuito alto mas continua com o pé no acelerador? Ele podia simplesmente diminuir a velocidade e evitar duas coisas muito chatas e inconvenientes, acidente e poluição sonora. Mas enfim, de que ainda eu ficar falando disso? Esse motoristas talvez nem usem internet, ér. Ok, viajei agora.
Outra coisa que eu acho estranho relacionado ao trânsito : homem dirigindo aquele carro, o Picanto. Perdão, você, caro leitor homem que tem um Picanto, mas não a quem me faça mudar a idéia de que é estranho um cara dirigindo esse carro, de boa, eu acho esse um tipo de carro bem feminino, ele é pequeno e parece com a Barbie.
São só opiniões que obtive hoje durante os 40 minutos que passei esperando um ônibus e decidi postar aqui.
Tchau :*

sábado, 6 de novembro de 2010

Be strong.

Eu já passei por muita coisa na vida. Apesar de ter apenas 15 anos, foram muitos momentos, bons e ruins. Minha mãe já sofreu como o desemprego, meu pai já enfrentou o álcool e meu irmão já viu a morte de perto.
Eu ? Eu me considero o tipo perfeito de 'moleque piranha'. Quando eu fazia alguma coisa errada, sempre achava que o melhor lugar para me esconder dos meus pais era o topo de uma árvore, até o dia em que eles descobriram meu super esconderijo cheio de formigas. Tive amigas, que realmente pensei que eram amigas, até que elas decidiram mostrar o verdadeiro ser delas em comentários de fotos. Patético. E pra piorar, depois de um tempo, praticaram bullying de um jeito ridículo com quem hoje é uma das pessoas mais especiais em minha vida. Não guardo magoas nenhuma dessas pessoas, se cada um sabe o que faz, espero que elas saibam bem que agiram do pior jeito que uma pessoa que se díz esperta deve agir. Não entendo porque estou me lembrando disso agora, já faz tanto tempo. Mas... hm, ignorarei lembranças ruins.
Mas foram com experiências como essa que aprendi muita coisa na vida. Aprendi que quando a gente tem fé, coisas que considerávamos impossíveis simplesmente são possíveis.  Enquanto lutarmos com a verdade, o sucesso e a vitória estarão ao nosso lado. E que devemos ser sinceras primeiramente conosco, e depois com quem está com a gente.
Hoje eu sei que as pessoas que estão comigo são as pessoas que eu mais considero na minha vida, pois elas são minhas amigas. Incrivel como gosto de falar de amizade aqui, tenho que parar com isso. Vou me declarar pro Dougie Poyner e pro Jared Leto. Mas, enfim...
A verdade é que, se quisermos fazer alguma coisa para ser melhor a primeira coisa que devemos fazer é exatamente fazer alguma coisa. O resto é resto.  Leia um livro, abraçe quem você goste, cuide do que você tem e aproveite a vida, ela não é longa como pensamos que seja. Mas não esqueça do principal, que é ser forte para suportar as coisas que vão nos atacar e precisamos sempre lembrar de ser feliz.
Just remeber to smile.

sábado, 30 de outubro de 2010

Filosofias

Ultimamente, muitas coisas me tem feito pensar um pouco mais que o normal.
Algumas palavras soltas que pessoas falam meio que sem querer, frases de músicas, até aulas.
Essa semana, minha professora de filosofia falou que apesar de todas as coisas que temos, sejam elas dinheiro, beleza, excesso de amigos, todos nós sabemos que nós queremos que as pessoas gostem da gente pelo que nós       somos pessoalmente e não pelo que possuímos.
Eu concordo. Realmente acho que é verdade.
Claro, todo mundo quer ter muitos amigos - ou não -, se divertir e blablabla. Mas no fundo, queremos companhias que tenham sentimentos sinceros, que não estejam conosco por interesse, porque cada pedacinho de nós precisa de carinho e amor e todos sabemos disso.
Por isso eu acho que eu to precisando um pouco mais disso. Mas, assim, eu não possuo bens de alto valor, não tenho uma conta bancaria bem sucedida, ou melhor, não tenho conta bancária. Não moro numa mansão e os meus pais não tem o melhor carro. Se estudo no melhor colégio da minha cidade, isso não quer dizer nada, porque a mensalidade continua atrasada.
Apesar de tudo, tudo mesmo, eu sei que tenho amigos que estão comigo pelo o que eu sou, mesmo as vezes eles sendo as pessoas mais chatas do mundo. Sim. Mas eu não posso fazer nada sobre isso, porque em todo esse tempo de amizade, nasceu um sentimento. O amor. Somos uma familia. E dane-se quem não quiser entender.
Eu entendo. Elas entendem. Eles entendem. E estamos satisfeitos com isso.

sábado, 23 de outubro de 2010

Four

Costumo ouvir que tudo tem um propósito. Não sei se devo acreditar ou não. Mas acredito que direta ou indiretamente, tudo tem uma razão. Se amamos alguém, essa pessoa nos deu uma razão para que aquilo acontecesse. Mas se não podemos estar com ela, é porque existe uma razão para aquilo, e também um propósito. Mas um filosofo uma vez falou que o amor faz uma confusão entre a razão e o coração. Nós perdemos toda nossa razão quando estamos amando, mas isso não quer dizer que não estamos mais ouvindo nosso coração.
Então, quer dizer que tudo isso anda junto. O propósito, a razão, o coração, e o amor.
Essas coisas podem mudar os sentidos de muitas outras coisas, mas são extremamente essenciais para que a gente veja a verdade.
O Propósito : Se vemos aquele que tanto amamos nos braços de outra pessoa, é nos mostrando que ele(a) não nos merece e que estamos amando a pessoa errada. Q
A Razão & O Coração : São duas coisas inseparáveis, e não tenho argumentos para falar sobre os mesmos.
O Amor : Ele não cai do céu, mas temos que estar prontos para isso. Podemos também colocar uma venda e o evitar. Ou podemos simplesmente aceitar que o mundo não é perfeito, mas é tudo o que temos.

Paula Ferreira Falcão

São tantos verbos. São tantos argumentos. São tantas hipóteses. São tantas coisas que nos arrodeiam, que estão entre nós. E tudo isso se resume em uma coisa : Amizade.
Não foi pouco tempo, mas também não foi tempo demais, mas foi tempo suficiente. Aprendemos muita coisa uma com a outra.
Aprendemos a enfrentar nossos problemas, a destruir as barreiras no nosso caminho, a transformar lágrimas em sorrisos, e aprendemos também o principal, que é o significado de uma amizade verdadeira.
A gente sabe a hora certa de dizer não, sabemos quando uma está precisando de um abraço, sabemos o que está se passando apenas numa troca de olhares. Dividimos sonhos, amores, dores e felicidades. Entendemos um amor platônico e sabemos como ninguém a sua finalidade.
Como perfeitas idiotas, já brigamos por causa de banda, de ídolos e até por comida.
Como perfeitas idiotas, já fizemos pessoas rir, já rimos até chorar, já caímos da rede por só observar.
Já sofremos por um amor e dividimos nossas angustias. Já passamos por momentos tensos e dividimos nossa apreensão. Já obtivemos sucesso e dividimos felicidade.
Não quero ficar definindo como é a nossa amizade, porque boa parte da definição vem com uma reflexão anterior do passado, então...
Mas apesar de tudo, você sabe o quão especial és para mim, afinal, ninguém seria capaz de passar mais de 5 minutos competindo quem faz mais coisa nojenta com a comida. E além do mais, é de você que eu AMO roubar tangerina ♥
Paula, você é minha masoquista nazista, você vai quebrar um Mustang com uma chave de fenda, a gente vai ter coleção de carros e 4 filhos *-* A gente vai naquele campo na Alemanha tirar aquele "automovel" de dentro do lago... ou melhor, do museu, já que já tiraram o tanque antes da gente --' A gente vai casar com 'os meninos' e vai ser absurdamente feliz!
E, como prometemos uma pra outra, nem que a gente morra, a gente vai se esquecer, vamos nos lembrar de cada segundo que passamos juntas, de que cada bobagem que ja fizemos, de cada briga que já tivemos, de cada amor por quem ja sofremos.
Você é louca, e é por isso que eu te amo tanto, Chucknorris.

Acredite

E hoje, cada vez mais, eu tenho vontade de sair mochilando pelo mundo, deixando todas essas pessoas para trás e seguir apenas o meu rumo. Sem criticas, e sem arrependimentos, apenas eu e minha mochila, e com o direito de acreditar que eu POSSO, porque eu sei que sou capaz. Sou capaz de te dar um toco e te deixar no vácuo sempre que eu quiser e sou capaz de dar a volta por cima, e te mostrar que eu sou muito mais do que você pode ver.
Eu acredito no dia em que você vai deixar de ser covarde e vai começar a ser uma pessoa humilde e não pensará apenas em você mesma, mas também nos outros. E quando você precisar de mim, vai ver o quanto eu fui uma amiga legal e como eu fui otária em te apoiar em tantas coisas, e te contar tantos segredos.
Eu acredito que irei encontrar a pessoa certa para dividir abraços, lágrimas, sorrisos e idiotices, uma pessoa sem preconceito e que não tenha nojo de mim. Que realmente esteja comigo. Talvez para isso eu preciso me mudar para Minas, ou Curitiba. Mas que seja.
Não sei se to fazendo a coisa certa. Só sei que cansei de guardar os meus sentimentos e guardar lágrimas todo dia, pra chegar no colégio sorrindo, e até talvez, sendo o que não sou. Mas apesar de tudo,o que eu mais gosto de fazer é sorrir, ser feliz e fazer as pessoas sorrirem também, por mais que elas não mereçam.
As vezes acredito que sou a perfeita descrição de um ser idiota. Erro em acreditar demais nas palavras das pessoas, e insistir nesse erro me faz ainda mais estúpida. Não quero seguir assim.
Tenho medo de colocar um colar, de pintar as unhas, de colocar uma maquilagem. E porque? "Não gostei da sua pulseira". "Tu tá maquiada? :O" . "Tu nunca usou colar, porque tu ta usando agora?" .
Criticas, criticas e mais criticas.
Sim, criticas são essenciais, mas tudo na vida tem um limite. E assim como tudo tem limite, todas as pessoas mudam. E ja passou da hora eu EU mudar, e eu vou. Vou pintar as unhas quando eu quiser, da cor que eu quiser. Vou usar o colar com o objeto que eu quiser, e quantos eu quiser, e vou fazer o que eu quiser também.
Porque eu realmente acredito que as coisas podem ser bem diferentes.
E bem melhores.
Não chore. As coisas vão melhorar, SIM. Por mais que você esteja acompanhada das pessoas erradas, você vai encontrar a felicidade.
I do believe.

sábado, 16 de outubro de 2010

!

Não, isso é um saco. Se eu não fosse forte o suficiente, eu taria excluindo esse blog agora. Ontem o "bom-dia" da minha melhor amiga foi "se blog é um sucesso kkkkk", ok, não preciso de criticas e nem fíz isso aqui ra ser um sucesso, não é minha intenção. Hm.
Cansei de tanto fazer as coisas pra mim mesma, de fazer o que eu ahco que seja melhor e só receber critcas, cansei mesmo. Será que ninguem ve o que eu faço de bom? Só me nota quando eu faço algo que não presta? Nem meus pais me notam. Isso me irrita muito mesmo. Sério.
Preciso muito completar meus 18 anos, pra poder sair de casa sem precisar de permissão de pai nem de mãe e ir pra um lugar onde realmente gostem de mim, de verdade mesmo. Que me ajudem, me apoiem, e que guardem as criticas que não vão me ajudar e nem mudar muita coisa com elas mesmas.
Talvez eu esteja sendo uma egoista burra em escrever isso aqui, mas e daí? O blog é meu mesmo, escrevo e faço o que eu quiser com ele, e ninguem vai mudar minhas intenções quanto a isso.

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Brasil x Alemanha

Meu coração vai ficar um pouco apertado.
Dia 10 de Agosto de 2011 vai acontecer o tão temido amistoso. Já to tensa. Meu país que eu tanto me orgulho, com a seleção que eu tanto amo, ain, isso vai ser confuso. Mas vo torcer pelos dois times, quando a Alemanha fizer gol, eu grito, com o Brasil, idem.
E que assim seja.

Holiday, part.2

Hoje, quarta-feira. Está acabando o ultimo dia do feriado.
Não é legal. Mas também não é chato. Queria poder ir dormir de 4 horas da manhã por mais alguns dias, mas também quero muito voltar pra escola e ver aqueles que eu tanto gosto.
Por falar em escola, to com muito medo de perder o ano. Mas não vou falar isso agora.
Voltando ao feriado. Holiday. Hooooo-liday
Foram 5 dias em casa, SEM FAZER NADA! Mas tudo bem, hoje isso vai mudar, ou não. Amanhã começa tudo de novo, e sexta feira eu ja tenho prova de Quimica II e Inglês. Mas, esse feriado não foi assim o fim do mundo, fui dormir tarde, assisti coisas que gosto e tive a oportunidade de assistir o SWU. Queria tanto ter ido, mas infelizmente, a vida não é do jeito que a gente quer, e se fosse talvez ela nem fosse assim tão boa.
SWU. Kings of Leon, Linkin Park. Jared Followil, Chester Bennington. Dois deuses *-* Amo tanto. Mas tudo bem. Valeu a pena cada segundo de tédio torturante naquele sofá mudando de canal até começar o SWU.
Bom, eu sei que as coisas vão mudar, mudar pra melhor, e próximo feriado eu vou ter o que fazer, nada de ficar no tédio.

If I had you

Preciso de inpiração para arrumar nomes para os titulos das minhas postagens, mas sobre isso eu penso depois.
Agora, a cada dia que passa eu desejo cada vez mais morar em algum lugar que não seja aqui. Não que eu não goste daqui, eu até que gosto bastante, tem tanta gente legal e tal, MAS, eu sou apaixonada por musica, e as bandas que eu gosto só fazem show em lugares absurdamente longe daqui. Isso me deixa um tanto quanto desolada. Sério.
É em Brasília, BH, Sampa, Rio... tive sorte do McFLY fazer show em Recife ano passado, muita sorte mesmo. Eu não iria aguentar mais uma vez eles virem e eu não ter a chance de ve-los.
Por falar em ver o McFLY, eles vão começar uma nova turnê, Before The Noise, e eu acredito que eles vão passar por aqui, CLARO que eu quero ir e tal. Acho que vou começar a fazer sabonete pra ganhar um dinheirinho G_G enfim.
Eu amo McFLY, faz tempo que eu os conheci, e meu amor por eles só aumenta, cada dia mais e mais, toda vez que vejo algo com eles, principalmente com o Dougie meu coração dispara. Não tem palavras o que eu sinto por eles, é algo tão forte, tão lindo.
Em 2008, quando eles vieram pela primeira vez, eu comecei a fazer uma carta, parei ja faz alguns meses, ela tem 10 metros, preciso continuar a escrever, tem que estar perfeita quando eu tiver a chance de reencontrar eles.
Beijos :*

This hurricane.

Talvez essa não seja a minha semana, mas esse vai ser o meu ano, tem alguma coisa ficando bem louca e eu estou presa aqui. É um sentimento legal, mas com o seu jeito bem estranho, e eu gosto disso. Gosto sim.
As vezes, se apegar a uma pessoa com quem você nem conversa, não é lá uma coisa bem aconselhável, mas também é uma coisa inevitável. Não sei se é com todo mundo, mas infelizmente comigo é assim. Ou felizmente, né ? Eu me apeguei a uma pessoa que me deixa bastante confusa só com o poder do olhar, e eu confesso que isso acabar comigo, mas acaba de uma certa maneira que não me permite reclamar, porque esses olhares me enchem de esperança.
E é por isso que eu ainda não desisti do amor. Sei que seria inútil da minha parte TENTAR desistir desse amor, porque isso sim é uma coisa realmente impossível.

Vote Mars.

30 Seconds To Mars, a banda do cantor, compositor e ator, Jared Leto. E lindo também, hm (: Eles ganharam o "best rock video" do VMA e estão concorrendo a "Best Rock" "Best Video" e "Best World Stage Performance" no EMA, então, vamos votar, eles merecem muito ganhar!
Votem, obrigada.

sábado, 9 de outubro de 2010

I need to take a holiday ♪

Eu tava aqui pensando, o que leva uma pessoa que não sabe muito bem mexer em HTML a fazer um blog ?
Bom, a resposta é que eu realmente não sei. Até porque eu sou essa pessoa.
Acho que exatamente pelo fato de eu ser essa pessoa eu devia saber a resposta. Mas não sei.
To achando o blig um tanto quanto colorido, e minha amiga veio no msn me dizer que ta sem cor '-' belesão.
Mas enfim, caramba, feriado.
Feriado.
E eu vou ficar moscando em casa, sem nada pra fazer. Sexta feira eu vou ter prova, mas não vou estudar esse feriado. Tudo bem que eu vou ficar em casa, mas que se dane, não vou perder meu tempo estudando cartografia, hm.
Mas pra que se tem feriado para pessoas que não estão em condições de viajar ? Para que elas se toquem e pensem em suas vidas. Boa ideia. Vou pensar na minha vida, to precisando.
Afinal, to apaixonada por um menino de 13 anos e a namorada dele me segue no twitter, wee!
Essa semana eu falo um pouco dele pra vocês.
Vocês.
Será que tem algum vocês aqui ? Ou será que sou so eu lendo o que eu mesma estou escrevendo ? Por isso que eu sempre achei o blog uma coisa tensa, a gente nunca sabe quem tá do outro lado lendo o que a gente escreve. Mas, all the way, vou continuar escrevendo.
Vai que a MariMoon acha meu blog legal (:
Beijos :*

In defense of our dreams;

Não entendo.
Não é normal isso, caramba, é tão dificil entender que eu tenho apenas 15 anos ?
Minha mãe abusa de mim as vezes. Chega em casa super estressada do trabalho e fica descontando em mim e no meu irmão. Não sei se estou pecando ou coisa parecida, mas tem horas que eu acho que minha mae está enlouquecendo. Claro que eu não quero isso, de forma alguma, minha mãe é uma das pessoas que eu mais amo nesse mundo e tal, mas eu tou preocupada.
Ela chega pra me contar sobre os problemas da vida dela, das contas que tem pra pagar, da falta de carater do povo. Tudo bem que ela é minha mãe, e a gente tem toda uma obrigação de conversar sobre várias coisas, mas ela acha que só porque eu sou adolescente eu não tenho os meus proprios problemas?
Não sei mais o que fazer, as vezes eu quero conversar com ela e pedir pra ela parar com isso, mas não dá, eu tento entender o lado dela, ela vive tão sozinha... mas mesmo assim, caramba, não ta dando, eu tou ficando muito estressada com isso tambem.
Acho que vou falar com meu pai, ver o que ele pode fazer pra ajudar a nós duas =/
Quero MUITO que as coisas lá em casa melhorem, não ta dando mais pra aguentar tanto problema, to com vontade de fujir, sair mochilando mundo afora... é errado.
Mas a vida é assim, toda errada.

ér.

Primeira postangem. Não sei bem o que escrever.
Sempre quis fazer um blog, por algum motivo, eu não fiz, até hoje. Foi quando eu descobri que ja tinha um, feito em 2007, do tipo : adote um capenga. Por sorte eu não tinha postado nada. Mas enfim. Vou procurar ficar entrando aqui sempre que eu puder, na maioria das vezes nos sabados, postar meus textos sobre amor e desilusão.
Ainda não entendo porque escrevo textos de amor e desilusão... não são inuteis, claro que não são, mas ELE não vai ler, disso eu tenho certeza. Possa ser que a namorada dele leia, OK, isso é a parte mais tensa, mas e daí ? KKKK, não me importo.
Por falar em namorada dele, ela me segue no twitter e por incrivel que pareça, tem EXATAMENTE os mesmos gostos que eu.
McFLY, 30 SECONDS TO MARS.
ok, deixe o meu Dougie Poynter e meu Jared Leto em paz. Hm.
ok, agora, acho que vou pensar em alguma coisa pra postar aqui, as vezes é bom desabafar.
Beijos :*